Buscar
  • Dr Daniel Hortiz

O que esperar após a Cirurgia Bariátrica (Redução de Estômago)



Se você está se preparando para fazer uma cirurgia bariátrica, provavelmente você já está aguardando com ansiedade pelos resultados não é verdade?


Você pode esperar perder bastante peso. Se você já tem alguma doença relacionada com o excesso de peso, como diabetes, pressão alta ou apneia do sono, elas podem melhorar. Além disso, quase todos que fizeram cirurgia bariátrica (95% para ser mais exato) disseram que sua qualidade de vida melhorou também.


Você tem que começar a se preparar para a recuperação e saber o que é preciso fazer para que a mudança dure por muito e muito tempo.


Quantos quilos você vai perder no total?


Tenha uma conversa franca e diga quais são exatamente suas dúvidas e expectativas. Essa resposta vai depender de alguns fatores, como qual seu peso atual e qual tipo de cirurgia você vai fazer.


A gastrectomia vertical ou Sleeve está se tornando cada vez mais popular. Quem faz o Sleeve perde em média 40% do seu excesso de peso.


Na média, quem faz a cirurgia de Bypass gástrico (ou gastroplastia em Y-de-Roux) perde 60% do excesso de peso.


A cirurgia de banda gástrica está caindo em desuso e não é mais realizada nos dias atuais.


Como será sua recuperação?


Atualmente a cirurgia é feita por laparoscopia, quer dizer faremos apenas pequenos cortes. Isso diminui muito o tempo de recuperação.


A maioria das pessoas ficam entre 1-2 dias no hospital e pode retornar as suas atividades normais entre 3-5 semanas.


Se a cirurgia precisar ser aberta ou convertida, a recuperação será mais prolongada, mas isso é bem raro de acontecer.


Quais são os possíveis efeitos colaterais?


Existem complicações que podem ocorrer no curto-prazo e no longo-prazo após a cirurgia. O risco no longo-prazo depende muito do tipo de cirurgia que foi feito. Aproximadamente 40% das pessoas podem ter alguma complicação mas a maioria é leve (hematomas, infecção no corte, vômitos). Menos de 5% são complicações graves (fístulas ou vazamento das costuras, sangramentos, tromboses). Se houver complicações seu cirurgião irá agir para tratá-las.


Alguns efeitos colaterais comuns são:

  • Constipação: é bem comum após a cirurgia. Orientamos como evitar e também tratar caso aconteça.

  • Síndrome de Dumping: acontece quando você come algo muito doce depois da cirurgia. Refrigerante, sucos industrializados e doces são os principais vilões. Essas comidas são absorvidas muito rapidamente baixando a glicose no sangue e causando sintomas como náuseas, vômitos, fraqueza e tontura.

  • Pedras ou cálculos na vesícula: é muito comum nas pessoas que perdem peso rapidamente, seja com cirurgia ou não. Até 50% das pessoas podem desenvolver pedras na vesícula após a cirurgia mas nem todas terão sintomas. Os sintomas podem ser náuseas, dor abdominal e vômitos. Em média 15 a 25% das pessoas precisam fazer cirurgia para retirar a vesícula após a bariátrica.

  • Infeção de ferida operatória: podem ocorrer até 3 semanas após a cirurgia. Os sintomas mais comuns são dor no local dos cortes, vermelhidão e saída de secreção (pus). Podem ser necessário drenar e tomar antibióticos.

Efeitos colaterais graves incluem:

  • Sangramento nas fezes: pode aparecer sangue nas fezes ou as fezes ficarem com um aspecto muito escuro quase preto. Esses casos podem indicar sangramento nas costuras do intestino e devem ser comunicados imediatamente à equipe médica.

  • Embolia pulmonar: a embolia é quando um coagulo de sangue vai para o pulmão e entope um vaso sanguíneo, impedindo que aconteça a troca de oxigênio. É raro e acontece em menos de 1% dos casos mas pode ser grave. Usamos estratégias de prevenção como: meia elástica, bota pneumática e uso de anticoagulantes.

  • Vazamentos (ou fístulas): onde fazemos as conexões no intestino e no estômago pode acontecer vazamentos. Esses vazamentos são muito raros, mas quando acontecem podem ser muito graves e precisar de nova cirurgia para corrigir. Geralmente o período de maior risco são os primeiros 7 dias. Sintomas como dor abdominal, falta de ar ou febre devem ser comunicados imediatamente à equipe médica.

Mudanças no Estilo de Vida após a Cirurgia Bariátrica


Você terá resultados expressivos após a cirurgia. Mas é preciso manter mudanças de hábitos para conseguir continuar perdendo peso e atingir o objetivo que deseja.


Algumas dicas que podem ajudar:


Coma em pequena quantidade, várias vezes por dia. O novo estômago criado após a cirurgia tem uma capacidade reduzida e não aguenta muita comida, inclusive comer grandes quantidades podem causar problemas. Muitos pacientes obesos tem o hábito de fazer grandes refeições e pode ser difícil se adaptar a comer quantidades menores.


Compromisso com uma boa nutrição! Um acompanhamento com nutricionista especializada é fundamental para ajudar você a obter os melhores resultados e obter todos os nutrientes que precisa.


Se exercite! A atividade física feita de forma regular é importante para manter a perda de peso. Geralmente após perder peso se torna mais fácil praticar esporte e frequentar a academia. Aproveite essa oportunidade e não pare de se exercitar.


Ficou com dúvidas? Deixe seu comentário.

Gostou do tema? Compartilhe com seus amigos e familiares.


Fonte: WebMD



135 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo